Bancada gaúcha discute situação do Polo Naval de Rio Grande e do Fies no Congresso

25/04/2015 - Geral


Integrantes do grupo parlamentar do RS também estiveram no Dnit nesta terça-feira

Bancada gaúcha discute situação do Polo Naval de Rio Grande e do Fies no Congresso

Reunião da bancada gaúcha, nesta terça-feira (28), abordou a situação do Polo Naval de Rio Grande e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além de deputados e senadores, estiveram o prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer, o presidente da Comissão de Educação da Câmara Federal, deputado Saraiva Felipe (PMDB/MG), e o representante da Associação Brasileira de Universidades Comunitárias (Abruc), reitor da Unijuí, Martinho Luis Kelm.


Em sua explanação, Lindenmeyer destacou as dificuldades que a região sul do Estado está passando em razão de quase 20 mil vagas de emprego fechadas no Polo Naval após os acontecimentos da Operação Lava-Jato. O prefeito também convidou a bancada para uma reunião em Rio Grande, que deve ocorrer nos próximos dias.

Representando os reitores de universidades bem como o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung) e Associação Brasileira de Universidades Comunitárias (Abruc), o professor Martinho Luís Kelm, da Unijuí, abordou a nova regulação, as dificuldades enfrentadas por instituições e estudantes em relação ao sistema Fies, e o momento preocupante na educação por causa dos cortes de recursos que vem sendo feitos pelo governo federal.

Apesar do cenário preocupante instalado na área educacional, as instituições de ensino continuam garantindo o andamento normal das aulas. Neste ano, estão sendo oferecidas 230 mil novas vagas, que serão selecionadas com critérios diferentes aos dos anos anteriores. Uma das definições da reunião da bancada é marcar audiência com o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, para tratar do tema Fies.

Dnit

Na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), os parlamentares se reuniram com o secretário executivo do Ministério dos Transportes, Edson Giroto, para tratar das rodovias federais do Estado. Foram solicitadas informações sobre a BR-116, entre Porto Alegre e Pelotas; a BR-386, de Porto Alegre a Iraí; e BR-290, entre Porto Alegre e Santa Maria.

O coordenador da bancada gaúcha, deputado federal Giovani Cherini, pediu análise para construção de terceira pista na BR-386, duplicação em alguns trechos e aumento de velocidade para carros leves, levando em consideração que existem pontos cuja velocidade é de 60 quilômetros por hora. A velocidade permitida nesta rodovia é de 80 quilômetros por hora.

As obras de duplicação da BR-386 devem ser concluídas apenas em dezembro de 2015 sendo que a previsão inicial era finalizar os trabalhos no fim de 2013. Na altura de Estrela, Dnit recebeu autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) para que fossem feitos apenas os trabalhos de supressão de vegetação, drenagem e construção de bueiros, que já foram realizados. A autorização para retomada das obras só será dada depois que as famílias indígenas, que moram na região da duplicação, forem transferidas para novas residências.

Técnicos do Dnit informaram ainda que três trechos da BR 116, proximidades de Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã e Tapes, estão com obras paralisadas e a duplicação da BR 290 também poderá paralisar com os quatro lotes contratados anteriormente. Está em fase de conclusão uma análise técnica que averiguará possíveis mudanças de velocidade e adequações necessárias para melhorar a trafegabilidade das rodovias federais no estado.

O assessor parlamentar da senadora Ana Amélia (PP-RS), Francisco de Sousa, acompanhou as duas reuniões.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

22 de mai
Ana Amélia critica acordo de delação que prevê imunidade para o dono da JBS
A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou o acordo de delação que prevê imunidade para os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. O grupo empresarial entregou delatou um esquema de corrupção envolvendo parlamentares e atinge o…

19 de mai
“Democracia brasileira já está madura para adotar o voto facultativo”, diz Ana Amélia
Em artigo publicado nesta sexta-feira (19), no jornal O Tempo, de Belo Horizonte, a senadora Ana Amélia (PP-RS) defendeu a adoção do voto facultativo. Na opinião da progressista, a “democracia brasileira já…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail