Audiência no BNDES encaminha medidas para amenizar crise nas Santas Casas e hospitais filantrópicos

06/10/2015 - Saúde


Senadora Ana Amélia participou de reunião com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho

Audiência no BNDES encaminha medidas para amenizar crise nas Santas Casas e hospitais filantrópicos


Representantes de Santas Casas e hospitais filantrópicos e parlamentares que defendem o setor participaram, nesta terça-feira (6), de audiência com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho. Realizada por iniciativa da senadora Ana Amélia (PP-RS), a reunião abordou alternativas para auxiliar as instituições na superação da grave crise financeira que atinge o setor. Coutinho se comprometeu a buscar uma solução e, em termos emergenciais, sinalizou com a possibilidade de ampliação da carência de 6 meses para 2 anos dos empréstimos do BNDES Saúde e da redução da taxa básica de juros cobrada pelo banco, que hoje é de 2%, nos empréstimos às Santas Casas. A instituição financeira estuda também a possibilidade de ampliar as parcelas de financiamento de 84 pra 120 meses.

A senadora ressaltou que a situação financeira das Santas Casas e hospitais filantrópicos é insustentável. A parlamentar gaúcha destacou que o Senado realizou sessão temática sobre o tema, no início de setembro, em busca de soluções. Na ocasião, o BNDES e a Caixa Econômica Federal enviaram representantes, enquanto o Ministério da Saúde não participou do debate.

O diretor da Santa Casa de Porto Alegre, Júlio Matos, apresentou os dados preocupantes sobre a crise financeira. Com dívidas superiores a R$ 21 bilhões e déficit de R$ 10 bilhões somente no último ano, as Santas Casas correm risco de fechar as portas e suspender atendimentos em todo o país.

Coutinho declarou ter ficado surpreendido com as informações e afirmou que levará ao Conselho do BNDES medidas como a prorrogação da carência e a redução dos juros cobrados das instituições. O presidente do BNDES também garantiu que será agendada audiência com o novo ministro da Saúde, Marcelo Castro, em busca de soluções.

A audiência teve a participação dos senadores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), Humberto Costa (PT-CE) e Waldemir Moka (PMDB-MS) e do deputado Antonio Brito (PTB-BA), presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos. Também estavam presentes o diretor de Infraestrutura Social do BNDES, Henrique Paim; do departamento de relações com o governo, Luiz Antônio Elias, e os representantes das Santas Casas: presidente da Confederação das Santas Casas de Misericórida, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB), Edson Rogatti; diretor-geral da CMB, José Luiz Spigolon; diretor Financeiro da Santa Casa de Porto Alegre, Ricardo Englert; e superintendente de Planejamento Financeiro da Santa Casa de Belo Horizonte, Gonçalo Abreu Barbosa.

Audiência no BNDES encaminha medidas para amenizar crise nas Santas Casas e hospitais filantrópicos

Fonte: Assessoria de Imprensa


Ana Amélia destaca resultados de reunião no BNDES para amenizar crise financeira das Santas Casas



Mais notícias:

18 de ago
Hospital São Francisco de Assis, de Parobé, contará com apoio e emenda da senadora Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (PP-RS) esteve no começo da noite desta sexta-feira (18) no Hospital São Francisco de Assis, em Parobé, onde foi recebida pelos diretores João Schmitt e Tadeu Stringari. Referência em média complexidade…

16 de ago
Aprovada criação de programa de ajuda financeira a Santas Casas e hospitais filantrópicos
O Projeto de Lei 7606/17, do Senado, que cria o Programa de Financiamento Preferencial às Instituições Filantrópicas e Sem Fins Lucrativos (Pró-Santas Casas) no âmbito das instituições financeiras oficiais federais, foi aprovado nesta terça-feira (15) pela Câmara dos Deputados. A…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail