Aprovado projeto que facilita a renegociação do crédito rural

04/07/2017 - Agricultura


Iniciativa aprovada na Comissão de Assuntos Econômicos é da senadora Ana Amélia

Avança no Senado projeto que facilita a renegociação do crédito rural

Os agricultores com dívidas bancárias de crédito rural poderão renegociar débitos diretamente com as instituições financeiras. É o que prevê o Projeto de Lei do Senado (PLS) 354/2014 aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) nesta terça-feira (4). A iniciativa é da senadora Ana Amélia (PP-RS).

De acordo com a senadora gaúcha, o objetivo é estabelecer procedimentos menos burocráticos para a renegociação do crédito rural.

— A iniciativa beneficiará, na repactuação dos débitos, produtores que tiveram, por exemplo, prejuízos por conta de problemas climáticos — afirmou.

Horas antes da aprovação da matéria, a senadora Ana Amélia recebeu o presidente e o diretor da Aprosoja Brasil, respectivamente, Marcos da Rosa e Fabricio Morais, e a representante da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Ana Paula, que manifestaram apoio ao PLS 354. Também participou do encontro o assessor especial da Subsecretaria de Assuntos Parlamentares da Presidência da República, Vitor Saback.

O projeto estabelece que os bancos tenham que responder o pedido de renegociação da dívida em até 2 meses e o prazo estabelecido para concluir o acordo seja de até 180 dias, prorrogáveis por igual período. A sugestão do projeto é do especialista Marco Antônio Floriano Bittencourt. 

Na próxima semana, o projeto será analisado em turno suplementar na CAE e depois será encaminhado para a Câmara dos Deputados.


Fonte: Assessoria de Imprensa


Avança no Senado projeto que facilita a renegociação do crédito rural


Mais notícias:

18 de mai
Ana Amélia visita maior cooperativa vinícola do País
Em visita à Vinícola Aurora, em Bento Gonçalves, nesta sexta-feira (18), a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) conversou com o presidente do Conselho Administrativo, Itacir Pozza, sobre demandas do setor, entre elas a substituição tributária, concorrência desleal e programas de financiamento, especialmente para a agricultura familiar.A…

17 de mai
Entidades apresentam ao governo demandas da agricultura familiar
O vice-presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Alberto Ercílio Broch, e o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Rio Grande do Sul (Fetag-RS), Carlos Joel da Silva, reuniram-se, nesta quinta-feira (17), com o ministro-chefe da Casa Civil,…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail