Aprovado no Senado projeto que cria auxílio-doença parental

27/05/2015 - Geral


Iniciativa que segue para análise da Câmara é de autoria da senadora Ana Amélia

Aprovado no Senado projeto que cria auxílio doença parental

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou, nesta quarta-feira (27), o Projeto de Lei do Senado (PLS) 286/14, que cria o auxílio-doença parental. A matéria, de autoria da senadora Ana Amélia (PP-RS), é terminativa na comissão e deve seguir nos próximos dias para análise da Câmara dos Deputados.

De acordo com o projeto, será concedido auxílio-doença ao segurado por motivo de doença do cônjuge, dos pais, dos filhos, do padrasto, madrasta, enteado, ou dependente financeiro que conste da sua declaração de rendimentos. O auxílio se dará mediante comprovação por perícia médica, até o limite máximo de doze meses.

A autora do projeto, senadora Ana Amélia, afirmou, na justificativa à proposta, que a matéria busca dar tratamento isonômico aos segurados do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) em relação aos segurados dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS). Segundo ela, a regra em vigor no RGPS prevê o benefício somente àquele que sofreu uma lesão incapacitante ou que tem um problema psiquiátrico.

— Parece existir, então, o que se chama de proteção insuficiente no que concerne aos segurados do regime geral, o que não se pode permitir — disse no texto.

Ana Amélia ainda explicou que o pagamento do benefício nos moldes defendidos seria uma forma de economia aos cofres públicos, já que a presença do ente familiar pode auxiliar em diversos tratamentos e diminuir o tempo de internação do paciente.

A relatora, senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), salientou que há duas classes de segurados, os do Regime Próprio com direito ao auxílio-doença parental e os do Regime Geral sem este direito, embora sem vedação expressa. A proposta, a seu ver, corrige essa omissão.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

Hoje
Bancada gaúcha lança frente parlamentar pela construção do Hospital do Câncer
Os 34 parlamentares gaúchos no Congresso Nacional se uniram pela construção do Hospital do Câncer no Grupo Hospitalar Conceição (GHC). A bancada gaúcha lançou, nesta quarta-feira (28), Frente Parlamentar em Prol da Construção do Hospital do Câncer GHC. O…

Comissão mista aprova relatório da MP 774. Destaques serão votados na semana que vem
A comissão mista que analisa a MP 774 aprovou hoje, no Senado, o relatório do senador Airton Sandoval (PMDB-SP), mantendo a desoneração de setores importantes para a economia como o coureiro-calçadista, têxtil e de Tecnologia…

27 de jun
“Não podemos admitir ameaças e incitação à violência”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou o discurso de petistas e nota oficial do partido que defendeu o Luís Inácio Lula da Silva fazendo ameaças e incitando a violência. De acordo com a parlamentar gaúcha, o ex-presidente recebe tratamento deum “ ídolo…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail