Aprovada instalação obrigatória de bloqueadores de celulares em presídios

07/02/2018 - Geral


Projetos da área de segurança pública serão priorizados neste ano

Aprovada instalação obrigatória de bloqueadores de celulares em presídios

Por unanimidade, o Plenário aprovou nesta quarta-feira (7) o Projeto de Lei do Senado (PLS) 32/2018 - Complementar, que obriga a instalação, em 180 dias, de bloqueadores de sinal de telefones celulares em penitenciárias e presídios. Do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), a proposta obteve o voto favorável de 60 senadores e será encaminhada à Câmara dos Deputados.

O projeto atribui à União a responsabilidade pela instalação dos equipamentos com recursos do Fundo Penitenciário (Funpen) e apoio dos estados e Distrito Federal. A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) parabenizou o Senado por priorizar os projetos voltados ao combate à criminalidade no começo deste ano.

— É decisão acertada diante da criminalidade que assusta os brasileiros e da urgente necessidade de votar propostas nesta área. Pesquisa revelou que 77% dos porto-alegrenses evitam sair à noite por causa da violência. E a violência também atinge as cidades do interior, que sofrem com constantes assaltos a agências bancárias.

A parlamentar gaúcha também parabenizou a Brigada Militar e a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, que mesmo com os atrasos salariais, continuam se empenhando no combate à criminalidade. De acordo com emendas apresentadas ao projeto, as operadoras de telecomunicações franquearão acesso irrestrito às informações para que as autoridades tornem mais eficiente o combate à criminalidade, uma vez que parte do interior dos presídios a organização de diversos crimes.

O projeto também define que a concessão de novas outorgas para o serviço móvel celular e a renovação das atuais ficará condicionada à instalação, custeio e manutenção dos equipamentos. Relatora da matéria em Plenário, a senadora Simone Tebet (PMDB-MS) ressaltou que a proposta combate a comunicação de detentos com o mundo exterior mediante o uso de celular e internet.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

25 de jan
Em vídeo nas redes sociais, Ana Amélia se despede do Senado
A senadora gaúcha Ana Amélia (Progressistas) divulgou vídeo nesta sexta-feira (25) despedindo-se do mandato no Senado Federal. A partir de março a parlamentar assume a Secretaria Extraordinária de Assuntos Federativos e Internacionais do Rio Grande do Sul. No vídeo, Ana Amélia mostra o…

23 de jan
Lei que destina recursos a programa de eficiência energética é sancionada
Foi aprovada Lei 13.280/2016, que reserva 20% dos recursos das empresas de energia elétrica destinados à eficiência energética para aplicação no Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). O programa promove a racionalização do consumo, por meio de…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail