Ana Amélia: trabalhador brasileiro recebe em reais, não é justo que pague em dólares pelos combustíveis

5 de jun - Economia


Senadora cobrou previsibilidade nos preços da gasolina e disse que a sociedade não pode pagar essa conta

Ana Amélia: trabalhador brasileiro recebe em reais, não é justo que pague em dólares pelos combustíveis

A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) afirmou, nesta terça-feira (5), que não é justo que o trabalhador brasileiro, que recebe em reais, tenha que pagar em dólares pelos combustíveis. A parlamentar cobrou previsibilidade nos preços de todos os combustíveis, cujos aumentos sucessivos estão bem acima da inflação.

– O governo precisa garantir a previsibilidade também no preço da gasolina, pois a variação diária e os elevados impostos tornam a gasolina mais cara em nosso país do que no Paraguai, onde não há produção e nem imposto, como no Brasil – disse.

Ana Amélia ainda criticou a concessão de subsídios a setores privilegiados. A senadora lembrou que nos últimos 15 anos os subsídios do governo foram de R$ 4 trilhões e que os brasileiros não podem continuar sendo penalizados em função da gastança desenfreada, nem pagar a conta dessa irresponsabilidade.

— A sociedade cansou de pagar a conta. É a classe assalariada que sustenta a classe privilegiada. Essa distorção grave social e econômica é que precisa ser enfrentada de uma vez por todas. O Estado inchou demais e a sociedade cansou de pagar pesada carga tributária e receber de volta péssimos serviços ou não receber o serviço. Basta ver a área da saúde e área da segurança – completou.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia: Não é justo que brasileiros, que recebem em reais, paguem em dólares pelos combustíveis


Mais notícias:

1 de nov
Senado aprova projeto para desenvolvimento da metade sul do Rio Grande do Sul
O Senado aprovou, nesta quarta-feira (31), por unanimidade — 53 votos favoráveis — o projeto que autoriza a criação de uma região integrada para o desenvolvimento da Metade Sul do Rio Grande do Sul. A ideia é definir…

10 de ago
Ana Amélia é contra aumento de salário para ministros e parlamentares
A decisão tomada pela maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal de conceder reajuste em seus próprios vencimentos, a partir do ano que vem, em 16,38%, "é inoportuna e provoca um preocupante efeito-cascata nas despesas públicas. O alerta foi feito…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail