Ana Amélia: Se há dinheiro para construir arenas, deve ter também para atender necessidades da população

01/08/2016 - Geral


Senadora reiterou que as Olimpíadas devem servir de lição para que os agentes públicos saibam definir quais as prioridades para o País

Ana Amélia: Se há dinheiro e rapidez para construir arenas, deve ter também para necessidades da população

Em discurso nesta segunda-feira (1º), a senadora Ana Amélia (PP-RS) disse esperar que as Olimpíadas, como a Copa do Mundo, sirvam de lição para que os agentes públicos possam saber definir quais são as prioridades para o País: estádios caros e superfaturados ou bons hospitais e boas escolas para todos.

— Se há dinheiro e competência para construir arenas com rapidez, também deve ter para atender às necessidades urgentes da população brasileira — disse.

Ana Amélia afirmou que torce e desejo que todos os atletas brasileiros tenham bom desempenho, que seja uma Olimpíada de sucesso, mas reiterou que a competição seja capaz de abrir os olhos das lideranças políticas para ver que o país não suporta mais a situação.

 — Para fazer um estádio em Brasília de um R$ 1 bilhão, com dinheiro público. E os hospitais estão sucateados, não têm vaga para atender, para fazer uma cirurgia de emergência, de urgência, para os nossos pacientes — completou.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia: Se há dinheiro para construir arenas, deve ter também para necessidades da população


Mais notícias:

9 de nov
“Criminosos que destruíram fazenda na Bahia têm que responder pelos 100 desempregados”, defende Ana Amélia
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) leu nesta quinta-feira (9), no Plenário do Senado, uma carta que recebeu de Rogério Aranibar, funcionário do grupo Igarashi cuja planta, em Correntina, no Oeste da Bahia, foi destruída por criminosos…

8 de nov
Congresso derruba um veto de Temer e mantém outros três
O Congresso rejeitou nesta quarta-feira (8) o veto do presidente Michel Temer a uma lei que convalida incentivos concedidos a empresas pelos governos estaduais. Outros três vetos foram mantidos pelos parlamentares, e cinco serão votados em nova sessão conjunta, marcada para dia 22…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail