Ana Amélia reforça apelo para que plataforma P-71 seja concluída no polo naval de Rio Grande

2 de mai - Geral


Senadora recebeu prefeitos de Rio Grande e São José do Norte nesta terça-feira

Ana Amélia reforça apelo para que plataforma P-71 seja concluída no polo naval de Rio Grande

O apelo feito pelo prefeito de Rio Grande, Alexandre Lindenmeyer, e pela prefeita de São José do Norte, Fabiany Zogbi Roig, para que a conclusão da plataforma P-71 ocorra no polo naval situado na região em vez de o projeto ser enviado pela Petrobras ao exterior foi reforçado pela senadora Ana Amélia (PP-RS) na tribuna do Senado na tarde desta terça-feira (2).

Ana Amélia recebeu a comitiva no começo da tarde em seu gabinete. Estavam presentes também o vice-presidente da Fiergs, Torquato Ribeiro Pontes Netto, e o presidente da Agência de Arranjo Produtivo Local (APL), Renan Gutterres Lopes. No encontro, as lideranças falaram sobre o impacto social e econômico negativo para a região por conta da paralisação do projeto.

Minutos depois da reunião, na tribuna do Senado, Ana Amélia falou sobre a importância desse projeto para a região. Destacou que a obra no estaleiro da Ecovix está em estágio avançado, ficará pronta antes do prazo e terá custo menor do que se fabricada em outros países. Além disso, acrescentou a parlamentar, significará a retomada do emprego na região que chegou a ter 21 mil trabalhadores atuando no Polo Naval. Hoje, são menos de 3 mil.

— A retomada do emprego deve começar pela contratação dessa plataforma no Brasil. O polo naval não pode se transformar em sucata — disse a senadora.

A importância dessa iniciativa para a região, frisou Ana Amélia, está unindo vários prefeitos, universidades e entidades de classe empresariais e de trabalhadores.

— Eu faço aqui um apelo ao Presidente da Petrobras, Pedro Parente. No momento em que, no Brasil, há 14 milhões de desempregados, a P-71, o Polo Naval, deveria ser, sim, um grande elemento, uma grande oportunidade para ocupação desses trabalhadores e empregados. E aqui, com muito empenho, quero continuar trabalhando para que o Polo Naval seja a retomada de um projeto de grande interesse estratégico para o Rio Grande do Sul e para o País, que é a produção de plataformas marítimas — acrescentou.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia reforça apelo para que plataforma P-71 seja concluída no polo naval de Rio Grande


Mais notícias:

14 de dez
Senado aprova 'critério de simplicidade' em ações criminais
O Plenário aprovou nesta quinta-feira (14) o projeto de lei da Câmara (PLC)21/2016, que prevê o critério da simplicidade como orientador em ações de natureza criminal. A simplicidade pressupõe que os processos devem reunir materiais essenciais, adotando linguagem clara e acessível às partes. Para…

13 de dez
Senadora Ana Amélia recebeu 120 premiações em sete anos de mandato
Desde que assumiu o mandato no Senado, em fevereiro de 2011, após ter sido eleita com 3,4 milhões de votos dos gaúchos, no ano anterior, a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) recebeu cerca de 120 premiações e homenagens, desde medalhas, placas e troféus…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail