Ana Amélia recusa benefício de R$ 33,7 mil e cobra aprovação de projeto para acabar com auxílio-mudança

28 de nov - Economia


Senadora também nunca recebeu auxílio-moradia durante os oito anos de mandato

Ana Amélia recusa benefício de R$ 33,7 mil e destaca projeto para acabar com auxílio-mudança

A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) encaminhou ofício à Diretoria-Geral do Senado solicitando que não seja pago a ela o benefício conhecido como “auxílio-mudança”, destinado aos senadores eleitos e reeleitos e também aos que não conseguiram se reeleger. A verba é direcionada às mudanças para Brasília ou de volta ao Estado de origem, porém é autorizada a utilização em outra finalidade.

Ana Amélia é, inclusive, autora de um projeto de decreto legislativo (PDS 151/2013) para acabar com esse benefício, que hoje é de R$ 33,7 mil. A matéria aguarda votação no Plenário do Senado desde o final de 2013, quando passou pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

Já descontado o valor do qual Ana Amélia abriu mão, a previsão é de que o Senado desembolse mais de R$ 3,5 milhões para pagar esse benefício. Ana Amélia irá completar oito anos de mandato sem ter usado auxílio-moradia nem apartamento funcional.

Ana Amélia recusa benefício de R$ 33,7 mil e destaca projeto para acabar com auxílio-mudança



Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mordomia dispensada


Mais notícias:

12 de dez
Ministro do STF confirma manterá suspensão da dívida do RS
A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) acompanhou, nesta quarta-feira (12), o governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, em audiência com o ministro do STF Marco Aurélio Mello. No encontro para tratar sobre as dívidas do Estado com a União,…

3 de dez
“Brasil pode ser expulso de grupo internacional”, alerta senadora
Investimentos estrangeiros no Brasil serão dificultados se o Congresso Nacional não aprovar o projeto que trata do combate ao terrorismo e à lavagem de dinheiro. O alerta é da senadora Ana Amélia (Progressistas-RS), que nesta segunda-feira (3) foi à tribuna do Senado…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail