Ana Amélia pede que Receita solucione problema para registro de trabalhadores domésticos no site

03/11/2015 - Geral


Senadora foi a relatora da lei que regulamentou os direitos dos trabalhadores domésticos

Ana Amélia pede que Receita solucione problema para registro de domésticos no site

A senadora Ana Amélia (PP-RS) chamou a atenção da Receita Federal, nesta terça-feira (3), para o problema enfrentado pelos patrões de empregados domésticos para o preenchimento eletrônico das guias para recolhimento do FGTS do INSS.

Grande parte dos empregadores ainda não conseguiu preencher a guia por problema no sistema da Receita Federal e a senadora lembrou que os patrões só têm até sexta-feira para fazer isso.

Além das alíquotas de 8% para o FGTS, os patrões terão que pagar 3,2% do salário para cobrir a multa de 40% sobre o FGTS a ser paga no caso de uma demissão sem justa causa. Alíquota do INSS caiu de 12 para 8% e mais 0,8% de um seguro por acidente de trabalho, que é uma inovação.

Ana Amélia foi a relatora da lei que regulamentou os direitos dos trabalhadores domésticos, aprovada nesse ano. A senadora lembrou que “houve um esforço enorme de vários parlamentares em torno do debate para regulamentar essa atividade tão importante hoje para todas as famílias brasileiras”.

Ana Amélia contou que, no seu caso, já vinha pagando isso numa conta da poupança para a sua secretária, Regina, a pedido dela própria, pois o rendimento é maior do que em relação ao Fundo de Garantia. 

Na quarta-feira, um dia após o discurso da senadora, o governo confirmou a prorrogação para o dia 30 de novembro do prazo do recolhimento. 


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia pede que Receita solucione problema para registro de trabalhadores domésticos no site


Mais notícias:

25 de jan
Em vídeo nas redes sociais, Ana Amélia se despede do Senado
A senadora gaúcha Ana Amélia (Progressistas) divulgou vídeo nesta sexta-feira (25) despedindo-se do mandato no Senado Federal. A partir de março a parlamentar assume a Secretaria Extraordinária de Assuntos Federativos e Internacionais do Rio Grande do Sul. No vídeo, Ana Amélia mostra o…

23 de jan
Lei que destina recursos a programa de eficiência energética é sancionada
Foi aprovada Lei 13.280/2016, que reserva 20% dos recursos das empresas de energia elétrica destinados à eficiência energética para aplicação no Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). O programa promove a racionalização do consumo, por meio de…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail