Ana Amélia pede agilidade na liberação de recursos do Proex

30/03/2017 - Economia


Exportadores estão encontrando dificuldades, provocando demissões e outros prejuízos

Ana Amélia pede agilidade na liberação de recursos do Proex

Em discurso na tribuna nesta quarta-feira (29), a senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou do governo mais agilidade em relação às operações do Programa de Financiamento às Exportações do Governo Federal (Proex). A morosidade nos processos tem prejudicado exportadores brasileiros, disse a parlamentar, lembrando que o Rio Grande do Sul é um Estado exportador.

O Proex é o principal instrumento público de apoio às exportações brasileiras de bens e serviços. O Banco do Brasil atua com exclusividade como o agente financeiro da União responsável pela sua gestão.

— Eu sei que o Banco do Brasil está trabalhando para resolver o problema, porque ele é o agente operador do Proex, o agente financeiro, mas é preciso também que o governo tome uma decisão em relação a essas questões burocráticas — cobrou.

O atraso, acrescentou a senadora, tem levado empresas a buscar outros tipos de financiamento, inviabilizando o fluxo de caixa e gerando demissões. Diante disso, a senadora encaminhou ofício à Secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, pedindo soluções ao problema.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia pede mais agilidade na liberação de recursos do Proex


Mais notícias:

1 de nov
Senado aprova projeto para desenvolvimento da metade sul do Rio Grande do Sul
O Senado aprovou, nesta quarta-feira (31), por unanimidade — 53 votos favoráveis — o projeto que autoriza a criação de uma região integrada para o desenvolvimento da Metade Sul do Rio Grande do Sul. A ideia é definir…

10 de ago
Ana Amélia é contra aumento de salário para ministros e parlamentares
A decisão tomada pela maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal de conceder reajuste em seus próprios vencimentos, a partir do ano que vem, em 16,38%, "é inoportuna e provoca um preocupante efeito-cascata nas despesas públicas. O alerta foi feito…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail