Ana Amélia manifesta preocupação com a falta de prioridades na educação pública brasileira

22/02/2016 - Educação


Enquanto escolas exigem vasta lista de materiais, não há preocupação com o aprendizado, observou a parlamentar

Ana Amélia manifesta preocupação com a falta de prioridades na educação pública brasileira

A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou as exigências das listas de material escolar na rede pública de ensino enquanto não há preocupação com a qualidade do ensino e o real aprendizado das crianças.

Citando o exemplo de uma escola do Distrito Federal, ela apontou “excessos” nos requisitos de material e no grau de especificação dos materiais cobrados dos alunos. Ana Amélia salientou que as famílias dos estudantes têm baixa renda e calculou que R$ 200 não sejam suficientes sequer para comprar metade da lista.

Para a senadora, as exigências de material revelam o desvio de foco na educação brasileira, que se afasta do objetivo de proporcionar ensino de qualidade e dissemina o que chamou de analfabetos funcionais.

- Tem criança no terceiro ano que não sabe ler, não está alfabetizada, mas ela teve que passar de ano. E não adianta, é assim que a lei foi feita. Nós estamos enganando, criando uma estatística perversa - protestou a senadora.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia manifesta preocupação com a falta de prioridades na educação pública brasileira


Mais notícias:

12/12/2018
Senado aprova financiamento de instituições de interesse público com recursos privados
O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (12) a criação dos chamados fundos patrimoniais de apoio a instituições de interesse público. Aprovado na forma de Projeto de Lei de Conversão (PLV 31/2018), o texto é proveniente da Medida Provisória (MP) 851/2018 e segue para a sanção…

11/12/2018
Importação de material biológico humano para pesquisas e ensino é aprovado por comissão do Senado
A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) aprovou nesta terça-feira (11) o projeto do senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) que regula a importação de material biológico humano para fins de pesquisas e de ensino (PLS 484/2013). A proposta…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail