Ana Amélia exalta decisão que obriga BNDES a liberar ao Tribunal de Contas da União dados sobre empréstimo

26/05/2015 - Economia


Supremo Tribunal Federal decidiu a favor do TCU, caso que pode abrir precedente para outras operações

Ana Amélia exalta decisão que obriga BNDES a liberar dados de empréstimo ao Tribunal de Contas da União


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu , nesta terça-feira (26), que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) precisa liberar ao Tribunal de Contas da União o acesso a informações sobre empréstimo concedido ao grupo JBS. O banco havia entrado com mandado de segurança no tribunal, alegando que as informações estariam protegidas por sigilo bancário. Entidades esperam que a decisão abra precedente para acesso a detalhes de outros empréstimos.

A questão do sigilo nas operações do BNDES há tempos fomenta discussões. O banco alega que suas operações são protegidas pelo sigilo bancário, mas os críticos argumentam que, como a instituição usa recursos públicos, não caberia essa regra. Recentemente, o Congresso aprovou uma emenda acabando com o sigilo nas operações do BNDES. Na semana passada, no entanto, a presidente Dilma vetou a emenda.

A decisão do STF esta semana, porém, dá ao Tribunal de Contas da União acesso a detalhes dos empréstimos feitos pelo banco. A senadora Ana Amélia (PP-RS) considerou positiva a decisão, promovendo a transparência das operações do BNDES.

— A decisão atende exigência da sociedade brasileira. o cidadão tem direito de saber onde e como está sendo aplicado o dinheiro público — enfatizou Ana Amélia.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

11 de abr
Impactos de medidas ao setor calçadista serão debatidos em audiência no Senado
Preocupada com as consequências econômicas e sociais negativas para o setor calçadista brasileiro de uma possível redução do imposto de importação dos calçados esportivos, especialmente em relação à perda de empregos, a senadora Ana Amélia…

OCB lança Agenda Institucional 2018 de cooperativismo
A Agenda Institucional 2018 do Cooperativismo foi apresentada pela OCB nesta quarta-feira (11), pelo Sistema OCB, com propostas legislativas para alavancar o setor e garantir segurança jurídica aos cooperados. A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS), vice-presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo esteve no evento e destacou compromisso…

3 de abr
Congresso derruba veto ao Refis das micros e pequenas empresas
O Congresso derrubou nesta terça-feira (3) o veto ao projeto que instituía o Refis para micros e pequenas empresas. O  programa de refinanciamento, permitido às empresas que optaram pelo Simples, regime simplificado de tributação, havia sido aprovado pelo Senado no final de 2017.…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail