Ana Amélia elogia adiamento de votação do projeto sobre abuso de autoridade

12/07/2016 - Geral


Senadora ressaltou que medida não pode interferir na atuação policial e no combate à corrupção

Ana Amélia elogia adiamento de votação do projeto sobre abuso de autoridade

A senadora Ana Amélia (PP-RS) considerou "sábia e oportuna" a decisão do senador Romero Jucá (PMDB-RR) de adiar a análise do projeto que atualiza a legislação sobre abuso de autoridade. A intenção de Jucá, relator da proposta, era votar o texto na próxima quarta-feira (13) na Comissão da Consolidação da Legislação Federal e Regulamentação da Constituição (CECR) para que, em seguida, pudesse ir a Plenário. Apelos de parlamentares por uma discussão mais aprofundada, no entanto, fizeram com que a próxima reunião fosse marcada para 16 de agosto.

Ana Amélia demonstrou preocupação com a possibilidade de que o projeto prejudique a segurança pública ao inibir os agentes de segurança. Além disso, frisou que o Congresso não pode aprovar nenhuma medida que possa interferir de alguma maneira na Operação Lava Jato  ou no combate à corrupção.

— Uma matéria dessa natureza precisa do envolvimento dos agentes que dela fazem parte. O debate precisa ser feito com equilíbrio, serenidade, com ponderação e com a participação de todos os agentes – disse.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

18 de ago
Em Nova Hartz, Ana Amélia recebe demandas do setor calçadista
Em roteiro no Vale dos Sinos nesta sexta-feira (18), a senadora Ana Amélia (PP-RS), esteve reunida em Nova Hartz com o prefeito, Flavio Jost, e representantes do setor calçadista que apresentaram os principais desafios enfrentados para empreender. A mais insistente demanda é que…

16 de ago
TRE-RS conclui estudo sobre o impacto do rezoneamento eleitoral no estado
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), desembargador Carlos Marchionatti, comunicou à senadora Ana Amélia (PP-RS), nesta quarta-feira (16), que foi concluído memorial detalhando como o rezoneamento previsto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prejudicará os eleitores gaúchos…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail