Ana Amélia destaca situação de calamidade no Rio Grande do Sul em razão das chuvas

15/10/2015 - Geral


Na tribuna, senadora destacou que situação é preocupante e pediu apoio aos atingidos pelos temporais

Ana Amélia relata situação de calamidade no Rio Grande do Sul por causa das chuvas

A senadora Ana Amélia (PP-RS) relatou que, de quarta-feira (14) até a madrugada de quinta-feira (15), os temporais no Rio Grande do Sul mataram três pessoas e deixaram dez feridos. Segundo a senadora, mais chuvas com ventos fortes e granizo estão previstas para os próximos dias no Estado, onde 26 municípios já estão em estado de emergência.

Ana Amélia informou que, nesta quinta-feira, o secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, Carlos Vieira, e o secretário nacional da Defesa Civil, general Adriano Pereira Júnior, discutiram com o governo gaúcho as ações a serem adotadas pela Defesa Civil. A parlamentar gaúcha enfatizou que a população afetada pelas enchentes precisa de doações, principalmente materiais de limpeza e de higiene, colchões, cobertas, alimentos e água potável.

— Muitos ainda estão sem comida, sem poder cozinhar e sem dormir, à espera da redução do nível das águas para voltar para suas casas, que foram abandonadas. Por causa dos alagamentos, muitas casas estão encobertas. Faltam alimentos e água potável para essas comunidades — disse a senadora.

Dos 497 municípios gaúchos, 95 sofrem com as consequências dos eventos climáticos que atingem o Estado desde a semana passada. Em Rio Pardo, mãe e filho morreram na noite de quarta-feira, devido à queda de uma árvore sobre a residência durante o temporal. Em Porto Alegre, na madrugada de quinta-feira, um jovem morreu em razão da enxurrada em um arroio. Devido às chuvas, o nível do Guaíba voltou a subir na sexta-feira (16) e chegou à marca dos 2m83cm no início da tarde — apenas seis centímetros abaixo da marca histórica atingida na segunda-feira (12), de 2m89cm, o maior registro em 74 anos.

Na terça-feira (13), a senadora já tinha manifestado solidariedade aos atingidos pelos atingidos pelos temporais desde a semana anterior. A parlamentar gaúcha também destacou conversa com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que garantiu auxílio aos flagelados. Conforme relatou Ana Amélia, o ministro disse aguardar apenas a chegada do decreto de emergência coletivo para agilizar as medidas para amenizar a situação das famílias.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia relata situação dramática no RS em função das chuvas e temporais


Mais notícias:

18 de mai
Após 11 anos, Expolagoa volta a animar Lagoa Vermelha
Depois de 11 anos, os lagoenses puderam comemorar nesta sexta-feira(18) a abertura de mais uma Expolagoa. Apesar do frio e da chuva, grande público prestigiou a abertura da feira, na noite de sexta-feira (18), na Associação dos Motoristas. A ExpoLagoa reúne o que há…

17 de mai
Em Bento Gonçalves, Ana Amélia fala sobre austeridade com recursos públicos e ética
Cerca de 800 pessoas lotaram, nesta quinta-feira (17), o ginásio da Universidade de Caxias de Sul (UCS), em Bento Gonçalves, para assistir a palestra da senadora Ana Amélia (Progressistas-RS). A parlamentar gaúcha falou sobre sua atuação no Congresso para contemplar…

Carta de ex-presidente ao jornal francês Le Monde é criticada na Comissão de Relações Exteriores do Senado
Durante sessão da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, nesta quinta-feira (17), a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) pediu a palavra para falar sobre a surpresa em ver um artigo do ex-presidente Lula no…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail