Ana Amélia destaca necessidade de ações para evitar que sociedade vire refém da criminalidade

08/09/2015 - Geral


"Cidadão não pode ficar refém da bandidagem", disse a senadora

Ana Amélia destaca necessidade de ação conjunta para evitar que sociedade vire refém da criminalidad

A apreensão no Rio Grande do Sul gerada pela insegurança e pelo feriado violento de 7 de Setembro, onde 58 pessoas morreram, 40 delas assassinadas, foi tema de discurso da senadora Ana Amélia (PP-RS) nesta terça-feira (8). Foi o feriado com maior número de mortes neste ano.

 Diante da situação, a parlamentar salientou que cabe à bancada federal gaúcha ajudar a encontrar alternativas institucionais que ajudem o Estado a superar esse momento. Em função da crise financeira, o Governo está parcelando o salário dos servidores, agravando o quadro.

— Penso que este é um momento de muita necessidade e de absoluta reflexão, que deve ser tratado com muita seriedade. Está sustentado por questões institucionais, jurídicas e políticas, sobretudo, mas também pela proteção da sociedade, que não pode ficar refém da bandidagem — acrescentou.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia destaca necessidade de ação conjunta para evitar que sociedade vire refém da criminalidad


Mais notícias:

22 de mai
Ana Amélia critica acordo de delação que prevê imunidade para o dono da JBS
A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou o acordo de delação que prevê imunidade para os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. O grupo empresarial entregou delatou um esquema de corrupção envolvendo parlamentares e atinge o…

19 de mai
“Democracia brasileira já está madura para adotar o voto facultativo”, diz Ana Amélia
Em artigo publicado nesta sexta-feira (19), no jornal O Tempo, de Belo Horizonte, a senadora Ana Amélia (PP-RS) defendeu a adoção do voto facultativo. Na opinião da progressista, a “democracia brasileira já…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail