Ana Amélia defende manutenção da prisão em segunda instância

02/04/2018 - Geral


Mudança no entendimento do STF prejudicará a Lava Jato, alerta a senadora

Ana Amélia defende manutenção da prisão em segunda instância

A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) voltou a defender, nesta segunda-feira (2), a manutenção da prisão para os condenados em segunda instância. A parlamentar disse que a sociedade aguarda com ansiedade a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Lula, condenado em primeira e segunda instâncias por corrupção e lavagem de dinheiro.

O Supremo deverá decidir a questão nesta quarta-feira (4). A senadora lembrou que cerca de 5 mil procuradores, promotores e magistrados de todo o país assinaram documento de apoio à manutenção do entendimento, firmado em 2016, pelo próprio STF, de que o cumprimento da pena de prisão deve começar após a decisão de segunda instância.

Ana Amélia destacou que haverá repercussão em muitos casos, com condenados em segunda instância pelos mais diversos crimes deixando as prisões se o STF decidir que Lula não pode ser preso até que haja o trânsito em julgado da sentença que o condenou. A senadora gaúcha também alertou para os prejuízos à Lava Jato caso ocorra a mudança.

— Não podemos criar essa insegurança. Em 2016, o Supremo teve uma convicção em uma matéria tão relevante quanto essa e agora poderá abrir uma brecha em relação a esse mesmo assunto, com repercussões extraordinariamente amplas e também desalentadoras para a sociedade, que viu na operação Lava Jato um sopro de esperança. Ninguém está acima da lei — afirmou a senadora.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

25 de jan
Em vídeo nas redes sociais, Ana Amélia se despede do Senado
A senadora gaúcha Ana Amélia (Progressistas) divulgou vídeo nesta sexta-feira (25) despedindo-se do mandato no Senado Federal. A partir de março a parlamentar assume a Secretaria Extraordinária de Assuntos Federativos e Internacionais do Rio Grande do Sul. No vídeo, Ana Amélia mostra o…

23 de jan
Lei que destina recursos a programa de eficiência energética é sancionada
Foi aprovada Lei 13.280/2016, que reserva 20% dos recursos das empresas de energia elétrica destinados à eficiência energética para aplicação no Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). O programa promove a racionalização do consumo, por meio de…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail