Ana Amélia defende ampliação do comércio internacional para superar instabilidades econômicas

09/07/2015 - Economia


Fortalecimento do comércio Brasil-China é uma das opções, diz a parlamentar

Ana Amélia defende ampliação do comércio internacional para superar instabilidades econômicas

A senadora Ana Amélia (PP-RS) elogiou nesta quinta-feira (11), em plenário, a rapidez com que as autoridades chinesas atuaram para conter a queda das bolsas de valores do país que, nas últimas semanas, chegou a aproximadamente 30%. Segundo a imprensa, o governo chinês proibiu a venda de ações, o que fez as bolsas de Xangai fecharem em alta.

Ela comentou que a crise na China afeta a economia brasileira, já que os chineses são os maiores parceiros comerciais do Brasil. Para dar ideia da importância dessa relação, a senadora contou que, no ano passado, as exportações do Rio Grande do Sul para a China chegaram a US$ 4,3 bilhões. Em todo o Brasil, o total das exportações foi de US$ 22,1 bilhões no mesmo período.

Segundo Ana Amélia, barreiras sanitárias que impediam o comércio entre os dois países estão sendo superadas. Em maio, por exemplo, foi assinado acordo pondo fim  ao embargo à carne bovina. Com isso, a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) prevê que, até o final do ano, as exportações do produto cheguem a pelo menos 60 mil toneladas, total 253% maior que o exportado em 2012.

— O mercado chinês tem sido, portanto, um aliado do Rio Grande do Sul e do Brasil. Por isso, a importância do fortalecimento das nossas relações e da cooperação cada vez maior — afirmou a parlamentar.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

17 de abr
Modernização das leis trabalhistas é tema de debate promovido pelas federações das indústrias dos estados do Sul
No painel que debateu a modernização das leis trabalhistas, no 1º Fórum Sul Brasileiro de Relações do Trabalho, nesta segunda-feira (17), a senadora Ana Amélia (PP-RS) defendeu o fim da contribuição sindical obrigatória para empresários e…

30 de mar
Sindicato apresenta estudo sobre impacto da correção das tabelas do Imposto de Renda na economia
Um estudo inédito realizado pelo Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio Grande do Sul (Sescon-RS) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) revela que, dos R$ 97 bilhões arrecadados pelo…

Ana Amélia pede agilidade na liberação de recursos do Proex
Em discurso na tribuna nesta quarta-feira (29), a senadora Ana Amélia (PP-RS) cobrou do governo mais agilidade em relação às operações do Programa de Financiamento às Exportações do Governo Federal (Proex). A morosidade nos processos tem prejudicado exportadores brasileiros, disse a parlamentar, lembrando…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail