Ana Amélia defende ampliação do comércio internacional para superar instabilidades econômicas

09/07/2015 - Economia


Fortalecimento do comércio Brasil-China é uma das opções, diz a parlamentar

Ana Amélia defende ampliação do comércio internacional para superar instabilidades econômicas

A senadora Ana Amélia (PP-RS) elogiou nesta quinta-feira (11), em plenário, a rapidez com que as autoridades chinesas atuaram para conter a queda das bolsas de valores do país que, nas últimas semanas, chegou a aproximadamente 30%. Segundo a imprensa, o governo chinês proibiu a venda de ações, o que fez as bolsas de Xangai fecharem em alta.

Ela comentou que a crise na China afeta a economia brasileira, já que os chineses são os maiores parceiros comerciais do Brasil. Para dar ideia da importância dessa relação, a senadora contou que, no ano passado, as exportações do Rio Grande do Sul para a China chegaram a US$ 4,3 bilhões. Em todo o Brasil, o total das exportações foi de US$ 22,1 bilhões no mesmo período.

Segundo Ana Amélia, barreiras sanitárias que impediam o comércio entre os dois países estão sendo superadas. Em maio, por exemplo, foi assinado acordo pondo fim  ao embargo à carne bovina. Com isso, a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) prevê que, até o final do ano, as exportações do produto cheguem a pelo menos 60 mil toneladas, total 253% maior que o exportado em 2012.

— O mercado chinês tem sido, portanto, um aliado do Rio Grande do Sul e do Brasil. Por isso, a importância do fortalecimento das nossas relações e da cooperação cada vez maior — afirmou a parlamentar.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

23 de mai
Irresponsabilidade da oposição penalizará 15 milhões de trabalhadores, alerta Ana Amélia
A promessa de líderes da oposição de que irão obstruir todas votações em protesto contra o governo penalizará 15 milhões de trabalhadores que ainda não efetuaram o saque das suas contas inativas do FGTS, alertou a senadora Ana Amélia (PP-RS)…

Governo vai analisar impactos da desoneração da folha no setor coureiro-calçadista
Em audiência, nesta terça-feira (23), o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, solicitou ao presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Heitor Klein, estudo sobre o impacto da desoneração da folha de pagamento no setor coureiro-calçadista. A…

19 de mai
Lei de recuperação fiscal dos estados é sancionada sem vetos
Foi sancionada nesta sexta-feira (19),  projeto que institui o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados e do Distrito Federal. O texto, uma reivindicação dos governadores, concede, na prática, uma moratória aos estados superendividados em troca de contrapartidas. A senadora Ana Amélia foi a…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail