Ana Amélia critica ameaça de 'incendiar o país' e reafirma que impeachment não é golpe

28/03/2016 - Geral


Humilhação não é o Brasil fazer um impeachment, mas ser visto como a Nação mais corrupta do mundo, disse a senadora

Ana Amélia critica ameaça de 'incendiar o país' e reafirma que impeachment não é golpe

A senadora Ana Amélia (PP-RS) afirmou que a população acordou e está nas ruas se manifestando contra o governo e a corrupção em nome da cidadania. E essa vigilância das pessoas obriga as autoridades a terem responsabilidade neste momento de crise política e econômica. De modo que, se o resultado final não for o defendido pelas ruas, os parlamentares poderão ser comparados a cúmplices das irregularidades, advertiu.

Ana Amélia questionou os que classificam o processo de impeachment a um golpe de Estado, ao lembrar que vários juristas, incluindo ministros do Supremo Tribunal Federal, não concordam com essa afirmação.

A senadora também criticou a ameaça de que o país será incendiado por greves e ocupações caso a presidente da República, Dilma Rousseff, seja afastada do cargo, feita por um representante do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), que apoia o governo.

—Essa é uma declaração inaceitável, porque é ameaçadora. Mas a sociedade que foi às ruas não tem medo disto. Mesmo que seja apenas força de retórica, não se pode admitir uma coisa desta! E nada acontece, porque isso é declarado perante as autoridades maiores do país. [Dizer que] 'vamos incendiar o país'? Mas o que é isto? Onde nós chegamos? — criticou.

Ana Amélia criticou também declarações do presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), de que iriam se “livrar do juiz Sérgio Moro” e ainda rebateu declarações de que o impeachment seria uma humilhação para o Brasil.

— Humilhação não é o Brasil fazer um impeachment por pessoas preparadas, que fizeram toda a fundamentação desse processo. Humilhação é o País ser visto como a Nação mais corrupta do mundo — disse.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Humilhação é o País ser visto como o mais corrupto do mundo, diz Ana Amélia


Mais notícias:

18 de ago
Em Nova Hartz, Ana Amélia recebe demandas do setor calçadista
Em roteiro no Vale dos Sinos nesta sexta-feira (18), a senadora Ana Amélia (PP-RS), esteve reunida em Nova Hartz com o prefeito, Flavio Jost, e representantes do setor calçadista que apresentaram os principais desafios enfrentados para empreender. A mais insistente demanda é que…

16 de ago
TRE-RS conclui estudo sobre o impacto do rezoneamento eleitoral no estado
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), desembargador Carlos Marchionatti, comunicou à senadora Ana Amélia (PP-RS), nesta quarta-feira (16), que foi concluído memorial detalhando como o rezoneamento previsto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) prejudicará os eleitores gaúchos…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail