Ana Amélia conversa com empreendedores e estudantes e recebe demandas em Montenegro

26 de jul - Geral


Parlamentar gaúcha renovou compromisso com pauta prioritária do Vale do Caí

Ana Amélia conversa com empreendedores e estudantes e recebe demandas em Montenegro

A senadora do Rio Grande do Sul, Ana Amélia (Progressistas), esteve reunida, nesta quinta-feira (26), com lideranças, empreendedores e estudantes de Montenegro. Na primeira agenda do dia, a parlamentar gaúcha recebeu demandas do município localizado no Vale do Caí e foi agraciada com bergamotas montenegrinas pelo produtor Pedro Wollmann, membro da Associação Montenegrina de Fruticultores (AMF). O município é o maior produtor de bergamota do estado.

O prefeito Kadu Müller solicitou o apoio da senadora ao projeto de revitalização do Morro São João. Principal atração turística do município, o morro tem 210 metros de altura e possui mirantes com vista privilegiada da região. O projeto de revitalização de acesso ao ponto turístico está no Ministério do Turismo. A senadora Ana Amélia renovou seu compromisso com as demandas da região.

Também foram apresentados à senadora os projetos de infraestrutura da Sociedade Beneficente Espiritualista e da Fundação Municipal de Artes de Montenegro (Fundarte). O diretor executivo da Fundarte, André Luís Wagner, explicou que a entidade atende 1,1 mil jovens, ofertando cursos de música, artes plásticas, teatro e dança.

A convite do diretor Cezar Miguel Monteiro da Silva, Ana Amélia também visitou a Escola Sesi de Ensino Médio Montenegro. A senadora conversou com estudantes da instituição e conheceu o projeto de robótica desenvolvido pelos jovens Gustavo, João Gabriel e Willian. A tecnologia, pensada para alertar a população sobre o risco de enchentes, consiste num robô que envia mensagem à população, por meio de um aplicativo, quando o nível do rio estiver subindo. Durante o período de chuvas, as enchentes são um problema recorrente em Montenegro.

O último compromisso da parlamentar gaúcha no município foi na reunião-almoço promovida pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços (ACI) de Montenegro/Pereci Novo. Em sua palestra, a senadora falou sobre o atual cenário político e ações do mandato, entre as quais iniciativas adotadas para economizar recursos públicos.

Ao responder perguntas sobre as verbas destinadas ao funcionamento do gabinete, Ana Amélia destacou que utiliza a cota da gráfica do Senado para imprimir livros que são distribuídos a estudantes e instituições de ensino. Cerca de 90 mil publicações já foram enviadas. Entre os títulos disponíveis estão a Constituição Federal, o Código Civil e o Estatuto do Idoso. Geralmente essa verba é usada para imprimir discursos ou materiais de divulgação do mandato.

A senadora do Rio grande do Sul também foi questionada sobre a Proposta de Emenda à Constituição, relatada por ela, que altera o processo de escolha de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Ana Amélia informou que a PEC 44/2012 está pronta para votação no plenário do Senado, o que só pode ocorrer após o fim da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

O substitutivo da senadora Ana Amélia prevê que a escolha dos ministros do STF sairá de uma lista tríplice elaborada pelos presidentes do STF, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), do Tribunal Superior do Trabalho (TST), do Superior Tribunal Militar (STM), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); e ainda pelo procurador-geral da República e pelo defensor público-geral federal.

Outra mudança proposta na PEC, é o fim da vitaliciedade do cargo de ministro da Suprema Carte. A proposta estabelece mandato de dez anos e impede a recondução ao cargo.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa



Mais notícias:

1 de nov
“É possível ser produtivo e zelar pelo uso do dinheiro público”, afirma Ana Amélia
A sociedade está cada vez mais vigilante no trabalho dos políticos, principalmente no uso de benefícios e produtividade. A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) foi à tribuna do Senado, nesta semana, para destacar que é possível zelar pelo…

30 de out
Estatais que dão prejuízo e não prestam serviço à população devem ser fechadas, diz Ana Amélia
Em discurso na tribuna nesta terça-feira (30), a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) disse que um dos caminhos para ajudar a resolver o dilema da falta de dinheiro nos cofres do governo aponta para as estatais,…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail