Ana Amélia apresenta ao MAPA alternativas para enfrentar crise no setor leiteiro

22/08/2017 - Agricultura


Entre as saídas esta incluir exportação de leite no acordo comercial Brasil-México e estabelecer cota para a entrada de leite uruguaio no Brasil

Ana Amélia apresenta ao MAPA alternativas para enfrentar crise no setor leiteiro

Incluir a exportação do leite em pó gaúcho no acordo comercial Brasil-México pode ser uma das alternativas para atenuar a grave crise que aflige o setor. A reivindicação é do setor produtivo e foi apresentada pela senadora Ana Amélia (PP-RS), ao ministro Blairo Maggi, em reunião no Ministério da Agricultura (MAPA) nesta terça-feira (22).

Blairo adiantou que a falta de produtos agrícolas no acordo comercial entre os dois países preocupava o Ministério, já que, uma vez fechado o acordo, seria difícil incluir outros setores posteriormente. Ainda ontem, o Mapa enviou uma carta ao chanceler brasileiro, Aloysio Nunes, solicitando que os produtos agrícolas brasileiros não ficassem de fora do acordo.

Outra alternativa para atenuar a crise do setor, apresentada pela OCB e pela senadora Ana Amélia (PP-RS) além de outras lideranças gaúchas, é estabelecer um acordo de cota da entrada de leite Uruguaio no Brasil. De acordo com a OCB, o Brasil foi destino de 86% do leite uruguaio em pó desnatado e 72% do integral, em 2017. Nos primeiros seis meses deste ano, já foram importadas 41.811 toneladas de leite em pó do país. A tarifa zero em vigor e a ausência de uma negociação de cota, tem desagradado a produtores nacionais.

Blairo deve tratar o assunto na próxima semana com o Ministro de Agricultura do Uruguai, Tabaré Aguerre, durante encontro em São Paulo. 

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

11 de dez
Senado aprova novo limite para compra de leite de pequenos agricultores
O Plenário aprovou emenda da Câmara dos Deputados ao projeto que estabelece um novo limite de aquisição de leite no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal (ECD 1/2018). Conforme o texto aprovado, o limite mínimo passa a…

5 de dez
Aprovada urgência para projeto que garante compra mínima de leite de agricultores familiares
O Plenário vota na próxima terça-feira (11) o projeto que obriga o governo federal a realizar compras mínimas de leite produzido por agricultores familiares. O texto em pauta assegura a aquisição de pelo menos 35 litros por dia. O autor…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail