Ana Amélia aponta resultados da 'gestão irresponsável' do governo Dilma

24/08/2016 - Geral


Senadora citou consequências como os 12 milhões de desempregados

Ana Amélia aponta resultados da 'gestão irresponsável' do governo Dilma

A senadora Ana Amélia (PP-RS)  disse nesta quarta-feira (24) em Plenário estar "cansada" de ouvir de representantes da oposição de que o Brasil está vivendo um "golpe parlamentar", já que o processo de impeachment não teria base legal e a presidente Dilma Rousseff não teria cometido crime.

— Chega de repetirem tantas vezes uma mentira para que ela se torne realidade. Isso não é democracia.

Para Ana Amélia, a prova mais contundente do crime de responsabilidade, por meio das pedaladas fiscais, está nos 12 milhões de desempregados, na inflação que no ano passado atingiu os dois dígitos e no desmantelamento da Petrobras. Tudo isso, disse Ana Amélia, devido a uma gestão irresponsável e à corrupção.

— Quando a dona de casa vê o marido perder o seu emprego, quando ela vai na feira ou na quitanda comprar as coisas e vê que as coisas subiram muito, ela não compra as mesmas coisas com o mesmo dinheiro. Este é o reflexo da irresponsabilidade administrativa. Quando ela vê o filho não conseguir o [financimento para o] Prouni ou o Fies. Essa é a consequência do que aconteceu com um governo que gastou muito, mas muito mais do que podia, e fez tudo isso sem a devida autorização legal do Congresso Nacional.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia aponta resultados da 'gestão irresponsável' do governo Dilma


Mais notícias:

23 de jun
Em artigo no jornal Correio Braziliense, Ana Amélia apresenta proposta para democratizar processo de escolha de ministros do STF
Em artigo publicado nesta sexta-feira (23), no jornal Correio Braziliense, a senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou proposta que altera o processo de escolha dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A parlamentar…

22 de jun
O Brasil é uma nação sem consciência da sua própria grandeza e das riquezas presentes em seu território. A afirmação foi feita pelo comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, em audiência pública nesta quinta-feira (22) na Comissão…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail