Ana Amélia aponta discriminação de Lula a estados não governados pelo PT

22/03/2016 - Economia


Senadora citou na tribuna a conversa do ex-presidente com o líder do governo onde pedem prioridade a estados governados pelo PT

Ana Amélia aponta discriminação de Lula a estados não governados pelo PT

Conversa entre o ex-presidente Lula e o líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), na qual discriminam o Rio Grande do Sul na questão que envolve a dívida dos Estados com a União, foi mencionada em Plenário, nesta terça-feira (22), pela senadora Ana Amélia (PP-RS).

A parlamentar disse estar estarrecida com o diálogo, gravado com autorização da Justiça e divulgado por decisão judicial na semana passada, no qual Lula e Guimarães criticam o Ministério da Fazenda por não dar prioridade aos estados governados pelo PT em relação ao assunto.

Na conversa, gravada no âmbito da Operação Lava Jato, Lula e Guimarães criticam pelo fato de o governo federal negociar as dívidas dos estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul. E concordam que a renegociação das dívidas deve privilegiar estados que são governados pelo PT. Para Ana Amélia, a conversa demonstra que o ex-presidente trata pessoas que já o apoiaram anteriormente a “pão e água” e de forma discriminatória.

— A raiz dos problemas nasce desse tratamento. Com todo respeito que tenho a todos os estados, mas não pode se tratar com discriminação uma matéria que é de igual sofrimento para todos os estados brasileiros — disse.

Ana Amélia ressaltou a situação dramática vivida pelo Rio Grande do Sul, e lembrou que o governo anterior no RS, do próprio PT, afundou o Estado com uma gestão temerária e irresponsável.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia aponta discriminação de Lula a estados não governados pelo PT


Mais notícias:

1 de nov
Senado aprova projeto para desenvolvimento da metade sul do Rio Grande do Sul
O Senado aprovou, nesta quarta-feira (31), por unanimidade — 53 votos favoráveis — o projeto que autoriza a criação de uma região integrada para o desenvolvimento da Metade Sul do Rio Grande do Sul. A ideia é definir…

10 de ago
Ana Amélia é contra aumento de salário para ministros e parlamentares
A decisão tomada pela maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal de conceder reajuste em seus próprios vencimentos, a partir do ano que vem, em 16,38%, "é inoportuna e provoca um preocupante efeito-cascata nas despesas públicas. O alerta foi feito…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail