Ana Amélia aponta aumento da violência no campo

30 de abr - Agricultura


Senadora lembrou debate de audiência pública em Santa Rosa sobre a escalada do crime nas cidades do interior

Ana Amélia aponta aumento da violência no campo

A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) relatou, nesta segunda-feira (30), em Plenário, audiência pública na cidade de Santa Rosa, no Rio Grande do Sul. No encontro, requerido pela parlamentar gaúcha, foram debatidas medidas para a redução da criminalidade na zona rural. De acordo com a senadora, o crime organizado está migrando para pequenas cidades devido ao menor policiamento.

Segundo ela, assaltos a bancos, latrocínios e roubo a patrimônio têm ocorrido com maior frequência. Ana Amélia relatou que criminosos bem armados e com informações privilegiadas têm assaltado agricultores logo após a compra de insumos.

Outro crime recorrente é o roubo de gado, situação em que caminhões são usados para levar a carga. Segundo a senadora, em alguns casos, os bois são abatidos na cerca da propriedade e a carne é vendida de forma clandestina para açougues.

De acordo com Ana Amélia, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) tem um observatório que investiga a criminalidade e a violência no campo. Porém, os estados não têm contribuído com informações.

— A CNA decidiu buscar junto aos estados informações sobre os níveis de violência. Apenas quatro estados mandaram as informações. Os outros, nenhum estado mandou informação. Ou alegando que não tinha dado disponível ou dando qualquer outra explicação. Ou às vezes, pior: não dando nenhuma explicação sobre a ausência desses dados relativos à violência na área rural — declarou a senadora.

Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Mais notícias:

11 de dez
Senado aprova novo limite para compra de leite de pequenos agricultores
O Plenário aprovou emenda da Câmara dos Deputados ao projeto que estabelece um novo limite de aquisição de leite no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal (ECD 1/2018). Conforme o texto aprovado, o limite mínimo passa a…

5 de dez
Aprovada urgência para projeto que garante compra mínima de leite de agricultores familiares
O Plenário vota na próxima terça-feira (11) o projeto que obriga o governo federal a realizar compras mínimas de leite produzido por agricultores familiares. O texto em pauta assegura a aquisição de pelo menos 35 litros por dia. O autor…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail