Ana Amélia: aparelhamento político provocou estrago no patrimônio dos trabalhadores da Petrobras

14 de set - Economia


Senadora falou na tribuna sobre o rombo no fundo de pensão, que chegou a R$ 14 bilhões

Ana Amélia: aparelhamento político provocou estrago no patrimônio dos trabalhadores da Petrobras

Em discurso na tribuna nesta quarta-feira (13), a senadora Ana Amélia falou sobre o rombo no Petros, fundo de pensão dos funcionários e aposentados da Petrobras, que foi administrado pelo PT, de R$ 14 bilhões.

— O aparelhamento político fez esse estrago no patrimônio dos trabalhadores que, agora, pagarão essa amarga conta. Não vejo a oposição falar sobre isso na tribuna. É preciso ter coerência e não esquecer que os problemas do país têm origem na irresponsabilidade administrativa da gestão petista tão perdulária — disse a senadora.

Ana Amélia: aparelhamento político provocou estrago no patrimônio dos trabalhadores da Petrobras



Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia: aparelhamento político provocou estrago no patrimônio dos trabalhadores do Petros


Mais notícias:

7 de dez
Mobilização pelos Free Shops reúne parlamentares e prefeitos em Brasília
Após cinco anos da aprovação da Lei 12.723, cuja relatoria foi da senadora Ana Amélia (Progressistas-RS), autorizando a abertura de Free Shops em cidades de fronteiras brasileiras, as lojas estão bem próximas de obter a autorização para abrir. Nesta sexta-feira (8), será concluído…

28 de nov
Revista ETCO: Ana Amélia fala sobre projeto para combater sonegação e concorrência desleal
A edição de dezembro da Revista ETCO, do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial, publicou entrevista com a senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) sobre o projeto de lei que autoriza tributação especial contra quem usa a inadimplência ou outras vantagens ilícitas para…

Comissão apresenta propostas para melhorar produtividade da economia
O Grupo de Trabalho de Reformas Microeconômicas apresentou em seu relatório final uma série de propostas para melhorar a produtividade da economia brasileira. O texto foi lido nesta terça-feira (28) pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE) e aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).Para Armando, “seria ingênuo…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail