“Ameaças do ex-presidente Lula a juízes, procuradores e jornalistas são inaceitáveis”, diz senadora

08/05/2017 - Geral


Na tribuna do Senado, Ana Amélia defendeu os agentes públicos e a imprensa

“Ameaças do ex-presidente Lula a juízes, procuradores e jornalistas são inaceitáveis”, diz senadora

A senadora Ana Amélia (PP-RS) criticou, nesta segunda-feira (8), as ameaças feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o 6º Congresso Estadual do PT, em São Paulo, a juízes, procuradores e jornalistas. Em críticas direcionadas à imprensa e aos investigadores da Operação Lava Jato, o petista afirmou: “Se eles não me prenderem logo, quem sabe um dia eu mando prendê-los por mentiras”.

Na tribuna do Senado, a parlamentar gaúcha classificou as ameaças como inaceitáveis. Para Ana Amélia, o ex-presidente da República ignorou a democracia brasileira.

— A fala dele foi como se estivesse presidindo e comandando a Venezuela. Duvidar da seriedade desses agentes públicos que trabalham nessa operação é impressionante. Todos os delatores da operação Lava Jato mentem? Só o ex-Presidente é inocente nisso? Ele não sabia de nada? Ele quer prender o juiz Sérgio Moro, o procurador Deltan Dallagnol e os jornalistas que informam sobre o que está acontecendo. Que país é este? — questionou.

Ana Amélia leu a nota da Associação Nacional dos Procuradores Públicos (ANPR), assinada pelo presidente da entidade José Roubalinho Cavalcante, em resposta às declarações do petista. “As investigações da Operação [Lava Jato] são sérias, técnicas e impessoais. O argumento de que há uma grande conspiração universal contra o ex-presidente não se sustenta em fatos, muito menos uma conspiração, a que a cada testemunho de um ex-aliado com conhecimento interno da matéria a defesa e o ex-presidente acusam de também participar”, diz um trecho da carta.

A parlamentar gaúcha também criticou os pedidos da defesa para filmar e fotografar o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro marcado para quarta-feira (10).

— Mesmo que o ex-presidente queira ser tratado de forma diferente, ninguém está acima da lei. Querer um tratamento diferente é, sim, querer um privilégio que nenhum dos outros réus teve. Por que ele quer um tratamento diferente na filmagem? A operação tem de continuar trabalhando com muita tranquilidade e serenidade — disse.

Fonte: Assessoria de Imprensa


Ana Amélia: Ameaças de Lula contra juízes, procuradores e jornalistas são inaceitáveis


Mais notícias:

25 de jan
Em vídeo nas redes sociais, Ana Amélia se despede do Senado
A senadora gaúcha Ana Amélia (Progressistas) divulgou vídeo nesta sexta-feira (25) despedindo-se do mandato no Senado Federal. A partir de março a parlamentar assume a Secretaria Extraordinária de Assuntos Federativos e Internacionais do Rio Grande do Sul. No vídeo, Ana Amélia mostra o…

23 de jan
Lei que destina recursos a programa de eficiência energética é sancionada
Foi aprovada Lei 13.280/2016, que reserva 20% dos recursos das empresas de energia elétrica destinados à eficiência energética para aplicação no Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel). O programa promove a racionalização do consumo, por meio de…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail