Projeto para combater fraudes no mercado de órteses e próteses é destacado na tribuna

06/11/2017 - Saúde


Senadora Ana Amélia defendeu aprovação da proposta ao comentar operação da Polícia Federal

Projeto para combater fraudes no mercado de órteses e próteses é destacado na tribuna

A senadora Ana Amélia (Progressistas-RS) comentou nesta terça-feira (7) a Operação Marcapasso, deflagrada pela Polícia Federal, que prendeu envolvidos em esquema que fraudava etiquetas de validade de materiais usados em cirurgias cardíacas no maior hospital de Palmas, no Tocantins. Conforme as informações da PF, a empresa falsificava etiquetas de validade para usá-las em materiais já vencidos.

Ana Amélia lamentou que, além da falta de dinheiro, o setor de saúde também sofra com a corrupção. A senadora defendeu a aprovação de projeto, de sua autoria, que tramita na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), e poderia minimizar as irregularidades envolvendo a compra de materiais, órteses e próteses pela administração pública.

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 17/2015 estabelece regras para esse mercado, com padronização de nomenclatura e definição de critérios para determinação de preço, tudo com o objetivo de inibir fraudes. A matéria está na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), sob relatoria do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE)

— Aliás, a Controladoria-Geral da União, a CGU, constatou desvios na saúde pública, entre 2012 e 2015, superiores a R$ 5 bilhões, ou seja, 27,3% do total de irregularidades em toda a administração pública federal. É um escândalo da dimensão de uma Lava Jato – completou a parlamentar.


Fonte: Agência Senado e Assessoria de Imprensa


Ana Amélia destaca projeto para combater fraudes no mercado de órteses e próteses


Mais notícias:

18 de jul
Dia Estadual de Luta Contra o Câncer de Mama completa 14 anos
No Rio Grande do Sul, há exatos 14 anos, 18 de julho virou Dia de Luta contra o Câncer de Mama, instituído pela Lei 12.126/2004. Em diversos municípios são promovidas ações de prevenção e combate a essa doença que…

11 de jul
Senado aprova projeto que cria a Política Nacional para Doenças Raras
Pessoas com doenças raras podem ter garantida em lei uma política de atenção do governo. Foi aprovado no Plenário do Senado, nesta quarta-feira (11), projeto que institui a Política Nacional para Doenças Raras no Sistema Único de Saúde (SUS). Como…

Acompanhe NOSSO TRABALHO
nas redes sociais

Receba novidades e informações no seu e-mail